Webrooming: Conecte-se a seus clientes antes da decisão de compra

Como você sabe, os consumidores dispõem de muita informação na internet sobre todos os produtos e serviços. Esta capacidade de se auto-documentar é uma das principais características que você poderá ler na minha publicação sobre o Consumidor Hiperconectado. Este insight causou o aparecimento de uma nova tendência: O Webrooming!

O Webrooming acontece quando os consumidores buscam informação online para depois realizar a compra offline em loja física. É uma tendência que está cada vez mais definida, protagonizada pelos clientes que, apesar de serem usuários da internet e das novas tecnologias, não efetuam compras online. Este fenômeno é um exemplo excelente da nova tendência multicanal, onde as fronteiras entre o online e o offline se dissipam cada dia mais.

Frente a isto, as empresas/marcas têm duas opções: Ou se convertem em criadores desses conteúdos online que podem determinar a venda, ou outros se encarregarão disso por elas, fazendo com que percam vantagens competitivas muito significativas: Qual você prefere?

De acordo com um estudo realizado pelo Urban Land Institute, apesar de toda a importância dada ao Showrooming, o Webrooming – prática de pesquisa on-line para depois comprar nas lojas físicas, é muito mais popular entre os consumidores.

Webrooming: Porque deve ser levado em conta?

Hoje em dia, o Webrooming ajuda a converter as visitas online nos sites em clientes offline nos pontos de venda. Desta forma, o cliente se assegura que o produto ou serviço que adquire é o que mais deseja e está seguro de que as características e informações que encontrou na net são reais. Além disso, o consumidor pode poupar nos gastos de envio (altamente penalizantes no Brasil) do produto que vai adquirir, e pode disfrutar do mesmo sem tempo de espera, já que o adquire diretamente no ponto de venda e pode levar o mesmo na hora.

Esta técnica está diretamente ligada ao efeito ROPO (Research Online Purchase Offline). Este efeito engloba os usuários que utilizam a internet para conhecer as promoções que estão nos pontos de venda na sua proximidade, e assim beneficiarem das melhores promoções que por sua vez as empresas/marcas oferecem.

Segundo um estudo realizado pelo GFK, três em cada quatro usuários que consultam informações online dos produtos ou serviços que estão interessados, querem também visitar os pontos de venda para ver o produto diretamente. Segundo o mesmo estudo, 71% vão na loja física nos sete dias posteriores à realização da consulta online.

Além disso, com a técnica do Webrooming, 85% dos usuários que visitaram o ponto de venda efetivaram a sua compra. Destes 85%, cerca de 65% compraram o produto que lhes interessava e se informaram online e 21% compraram um produto diferente ao que tinham pensado comprar.

A tendência que ainda encontramos no Brasil, como comentei anteriormente, é que o consumidor ainda apresenta alguma desconfiança na hora de finalizar a compra online, como podemos ver pela elevada taxa de abandono do “carrinho de compras” na maioria dos sites de e-commerce. Por esta razão, o Webrooming se reveste de grande importância e, portanto, as empresas deve criar campanhas que começam de modo online, mas acabam terminado offline.

Geolocalização: A melhor forma de se ligar com seus clientes no momento que antecede a compra

Para concretizar a estratégia de Webrooming e converter o cliente, a ferramenta perfeita será sem dúvida a geolocalização. Através dela, a empresa/marca poderá enviar notificações para o smartphone do seu consumidor, através das quais poderá informar sobre ofertas e promoções especiais no momento certo.

Se o consumidor baixou um APP móvel da empresa/marca, através da geolocalização pode-se enviar notificações push, com descontos e outras ofertas para cada tipo de cliente no momento em que este se encontra na proximidade de um ponto de venda.

Um bom exemplo desta estratégia é a que realizou a empresa americana de ótica Warby Parker. Esta empresa que nasceu para vender óculos online a um preço de US$100, se apercebeu que os usuários tinham dificuldade em realizar um primeiro pedido de forma online. A empresa procurou uma solução que fosse econômica mas que por sua vez transmitisse confiança nos consumidores, pelo que montaram um ônibus que seria sua loja física para vender os óculos. Este ônibus-loja viajou por diversas cidades dos Estados Unidos, para que os clientes pudessem visitar a loja e provar os produtos. Através da geolocalização puderam informar seus consumidores quando o ônibus-loja se encontrava na proximidade.

Agora a nossa solução… Porque temos sempre uma!

A Element Loyalty oferece uma plataforma de gamificação que inclui a geolocalização com a qual ajudamos a dinamizar os pontos de venda. Com nossa plataforma, os clientes podem receber novas mensagens e ganhar promoções especiais quando se encontrarem na proximidade de uma loja ou quando fizerem o chek-in num ponto de venda. A plataforma oferece ainda mais de 50 mecânicas de jogo que poderão servir para influenciar o comportamento de compra e até mesmo divertir os clientes enquanto esperam o atendimento.

Graças à gamificação, as empresas/marcas podem informar seus clientes sobre serviços e produtos e condicionar seu comportamento para que realizem uma compra no ponto de venda.

Se você gostou deste tema e se interessou por ele para sua empresa/marca, poderá saber muito mais contatando comigo ou com qualquer consultor da Element Loyalty através do formulário de contato abaixo desta publicação… Verá que oferecemos soluções eficazes e de alto valor agregado com um ROI surpreendente!

Voltar ao topo